domingo , 30 abril 2017
Home / Bairro / A dura rotina de quem mora ou passa pela rua Salustiano Silva em Magalhães Bastos

A dura rotina de quem mora ou passa pela rua Salustiano Silva em Magalhães Bastos

Rua Salustiano Silva Magalhães Bastos

A minha opinião nesta matéria, não é criticar nenhum órgão publico, mesmo sabendo que os responsáveis devem estar ao lado da população e fazer o melhor por elas, mas sim, mostrar que mesmo observando muita coisa errada por parte de alguns moradores, isso é uma minoria e não representa os demais.

Quem mora há muito tempo na rua Salustiano Silva sabe bem o que é conviver com problemas e incertezas. Assim que foi lançada as “Olimpíadas no Rio de Janeiro” e divulgado o traçado da nova via expressa (#Transolimpica) os moradores já sabiam que todos seriam desapropriados para dar lugar a via expressa. Não igual ao que aconteceu na Vila Autódromo (local onde a maioria foi desapropriada) em Magalhães Bastos, a população se mobilizou para evitar as desapropriações. Como um bairro pequeno da Zona Oeste, Magalhães Bastos só ganhou notoriedade devido as obras, pois, eramos um bairro esquecido e sem investimentos nenhum, apenas, alguns serviços eram disponibilizados a população que até então não tinha esperanças de melhorias.

Rua Salustiano Silva no inicio das obras recebeu o trânsito pesado de ônibus e caminhões
Rua Salustiano Silva no inicio das obras recebeu o trânsito pesado de ônibus e caminhões

Morro do Capão: É por ai que ela começa, mas na verdade a rua Salustiano Silva vai mais alem. Local onde o comercio era mais movimentado por ali existir um Posto de Atendimento do Detran e assim, os comerciantes “fomentavam” suas economias, mas há quem diga que era muito transtorno, tudo isso devido a carros estacionados nas calçadas, rua movimentada e perigosa, só que tudo acabou de um dia para o outro. O prédio foi demolido para dar espaço a #Transolimpica isso graças a “Movimentação da população” onde Comunidade, Prefeitura e Exército chegaram a um acordo que foi favorável a todos e assim evitou-se diversas desapropriações.

Moradores e Associação se reúnem e fazem a primeira manifestação contra as desapropriações
Moradores e Associação se reúnem e fazem a primeira manifestação contra as desapropriações

Eu mesmo, participei de todas as negociações, várias mudanças de traçados foram propostas, idas a Brasilia, e, em fim, o resultado final, foi a não desapropriação das diversas casas da rua Salustiano Silva. Sei que muitos reclamam da situação atual, mas é necessário saber que, tudo tem seu lado positivo, pois, imagine você, com o valor das desapropriações, como as pessoas iriam conseguir comprar outra casa? Existe diversos “terrenos” com mais de uma família em cada um deles, o valor pago é representado por apenas um imóvel e os demais? seria muito pior. O que me refiro aqui, não é defendendo ninguém, mas, sim mostrando a realidade dos fatos.

Como administrador desta página do bairro, sou prova de tudo o que o morador passa, são diversos relatos, entre eles: Poeira em dias de sol e lama em dias de chuva, sem falar das constantes falta de água devido a tubulações “arrebentadas” pelas obras. Diversas vezes eu mesmo “reclamei junto ao Consórcio construtor da obra (ViaRio) que ao menos miniminizasse os transtornos e desse um pouco mais de atenção aos moradores da rua Salustiano Silva, mas, nem sempre fui atendido como deveria.

O transtorno não é só dos moradores, mas também dos alunos do Ciep Aspirante Francisco Mega que em dias de chuva sofrem para acessar o colégio
O transtorno não é só dos moradores, mas também dos alunos do Ciep Aspirante Francisco Mega que em dias de chuva sofrem para acessar o colégio

Em dias de chuva, o transtorno é maior, a rua enche e impede a passagem dos moradores e de carros e muita das vezes atrapalhando o morador que tem a sua casa próxima aos bolsões de água. Veja este vídeo onde o problema demorou a ser solucionado.

Aviso a todos que, existe um canal de comunicação entre o morador e o Consórcio ViaRio, veja na imagem o telefone e e-mail de contato

Tem reclamação, dúvida ou sugestão. Ligue para o consórcio ViaRio
Tem reclamação, dúvida ou sugestão. Ligue para o consórcio ViaRio

Por Rogério Silva | contato@magalhaesbastos.com.br

Veja Também

Foto Divulgação

O Esporte Clube São José, em Magalhães Bastos, inaugura amanhã o evento ‘Samba José’ Evento tem ainda apresentações de Júnior Parente, Só Preto Sem Preconceito, Júnior Dom e Júnior Itaguay

Rio – Novidade no samba na Zona Oeste. O Esporte Clube São José, em Magalhães ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*