sexta-feira , 23 junho 2017
Home / Bairro / A Magia da Lona Cultural Gilberto Gil desrespeitada por uma política hipócrita

A Magia da Lona Cultural Gilberto Gil desrespeitada por uma política hipócrita

Por Antônio Brito Oliveira

Prezada comunidade de Magalhães Bastos e Adjacências, quero nesta minha segunda matéria abordar um tema de conteúdo extremamente valioso em todo seu contexto. Leiam inicialmente o texto abaixo

foto-lona-cultural

A Lona Cultural Municipal Gilberto Gil tem como proposta central apresentar trabalhos artísticos de qualidade, desenvolvidos por profissionais reconhecidos no cenário cultural carioca e brasileiro aos moradores de Realengo e de bairros próximos. Quando foi criada, em 1998, era chamada de Lona Cultural Capelinha. A mudança de nome aconteceu um ano depois e é uma homenagem ao compositor da famosa canção “Aquele Abraço”, por mencionar o bairro (Alô, alô, Realengo, aquele abraço!). Na Lona Cultural Municipal Gilberto Gil são realizados shows, apresentações teatrais e oficinas de balé clássico, capoeira e ginástica para a terceira idade.

Pois muito bem, é uma postura inadmissível a que há muito vem sendo tomada pela Prefeitura do Rio de Janeiro, especificamente pela Secretaria de Cultura, para com a situação referente a Lona Cultural Gilberto Gil, esta situada em Magalhães Bastos.

Um projeto de tamanha importância…onde destacado no texto acima, absolutamente esquecido por quem deveria estar cuidando, por quem deveria estar zelando pela Cultura em si, Cultura essa que envolve uma série de benefícios não somente a comunidade local, como Bairros aos arredores … assim também como as demais Lonas Culturais.

A Prefeitura da cidade do Rio de Janeiro está dando as costas para inúmeras crianças…idosos… artistas…temas culturais que envolvem uma complexidade gigantesca de aprendizado, de pura convivência de presença entre Artistas/Cultura/Comunidade.

A Lona Cultural Gilberto Gil já tem projeto de restauração há muito pronto, e não é a pouco tempo não !!!. Tantas idas/vindas…com inúmeras reuniões de pessoas envolvidas nessa necessidade ….e pelo amor de Deus, não definem absolutamente nada…não decidem quem e  quando iniciar tal obras.

Ora, façam-me um favor…aliás, a mim não, a toda a comunidade de Magalhães Bastos que há muito já sentem a falta da LONA CULTURAL GILBERTO GIL … sentem a falta de espetáculos para adultos, das peças para a criançada (estas não podem gritar/apelar) … do também divertimento para as pessoas idosas, essas ainda mais carentes se já não bastassem o que essa política covarde/cruel os proporciona.

Fica aqui um protesto de revolta sim ! Verbas que não chegam, onde deveriam chegar !. E a cultura não pode ficar esquecida em meio a tantos desmandos. Verbas grandiosas sendo gastadas/usadas de maneiras desnecessárias … quando presenciamos no dia/dia atos vergonhosos onde se vê diversas camadas importantes da sociedade entregue as baratas, entregue a uma política de desmando…de responsabilidades e deveres sendo descaradamente corroídos pela imoralidade/incompetência daqueles que deveriam cuidar de quem paga inúmeros impostos e não são obrigatoriamente restituídos socialmente.

Não basta ser eleito …vestir um bom terno…ficar atrás de uma mesa bonita…etc. Tem que estar envolvido com as obrigações/responsabilidades, respeitar e reconhecer aqueles que os colocaram ali, os eleitores…a população !. Mas raramente se vê isso…basta olhar a nossa volta no dia/dia…e vamos perceber o quanto estamos carentes de bons e leais administradores.

Alô Prefeito Eduardo Paes ! Alô  Secretário de Cultura ! tá dado o recado ! Vamos ver o que virá a ser feito, quais as providências … a comunidade aguarda, e estará em ALERTA !!!.

 

***__Desejo a todos um Feliz Ano Novo !

***__ Ao Torcedor Vascaíno … o sentimento continua !

antonio-brito Antônio Brito Oliveira é colaborador do site de Magalhães Bastos

Veja Também

Foto Divulgação

O Esporte Clube São José, em Magalhães Bastos, inaugura amanhã o evento ‘Samba José’ Evento tem ainda apresentações de Júnior Parente, Só Preto Sem Preconceito, Júnior Dom e Júnior Itaguay

Rio – Novidade no samba na Zona Oeste. O Esporte Clube São José, em Magalhães ...

1 Comentário

  1. É mais uma “realização” dos políticos deste país. As verbas se “perdem” pelo caminho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*