sexta-feira , 23 junho 2017
Home / Bairro / Obras do BRT Transolimpico serão entregues no final de junho e apenas três estações irão funcionar nas olimpíadas Estação Magalhães Bastos ainda não foi finalizada e integração também será com os trens da Supervia

Obras do BRT Transolimpico serão entregues no final de junho e apenas três estações irão funcionar nas olimpíadas Estação Magalhães Bastos ainda não foi finalizada e integração também será com os trens da Supervia

A transformação de um bairro com as obras da Transolipica | Foto Rogério Silva

Segundo o prefeito obras não estão atrasadas e Estação Magalhães Bastos, Recreio e Parque Olímpico irão funcionar nas olimpíadas

O VLT não é a única obra olímpica de mobilidade que esta atrasada. O BRT Transolímpico, obra de responsabilidade municipal e que é um legado olimpico, que vai ligar Deodoro à Barra, será inaugurado só no fim de junho. O contrato original previa conclusão das obras até 26 de abril. Dos 21 pontos de parada, apenas três estarão abertos durante os Jogos: Recreio, Parque Olímpico e Magalhães Bastos.

Estação Magalhães Bastos será uma da estações que funcionará nos jogos olímpicos | Foto Rogério Silva
Estação Magalhães Bastos será uma da estações que funcionará nos jogos olímpicos | Foto Rogério Silva

Não iremos entregar uma obra incompleta. O funcionamento do BRT é que sempre começa aos poucos — afirmou o prefeito Eduardo Paes.

Na Copa, das 47 estações e cinco terminais do Transcarioca, apenas três pontos funcionaram. As demais estações foram abertas progressivamente após o evento, realizado de 12 de junho a 13 de julho de 2014. No caso do BRT Transolímpico, que terá 18 estações e três terminais, O terminal de BRT de Deodoro também não estará pronto. Isso porque ele será construído pelo projeto do BRT Transbrasil. O pedágio será o mesmo da Linha Amarela (R$ 5,90 para carros de passeio).

Futura Estação BRT Transolimpico em Magalhães Bastos (Sobral) | Foto Rogério Silva
Futura Estação BRT Transolimpico em Magalhães Bastos (Sobral) | Foto Rogério Silva

O entorno do BRT também é um canteiro de obras. Ruas em Magalhães Bastos estão sendo reurbanizadas pelo projeto Bairro Maravilha. Nas proximidades da Vila Militar, uma creche (EDI) está sendo erguida em parte de um terreno negociado pela prefeitura junto Exército que acabou não sendo totalmente aproveitado na construção.

Magalhães Bastos foi contemplado com Obras do Bairro Maravilha | Foto Rogério Silva
Magalhães Bastos foi contemplado com Obras do Bairro Maravilha | Foto Rogério Silva

Funcionários do Consórcio ViaRio vão iniciar, em Jacarepaguá, um cadastro dos proprietários de automóveis que vivem num raio de dois quilômetros de uma praça secundária de pedágio, em construção na Estrada do Rio Grande. No local, será cobrado o acesso de veículos que seguem no sentido Recreio. Caso esses moradores cadastrados queiram ir à Barra ou ao Recreio pela via expressa, estarão isentos de pagamento. Se, no entanto, optarem por seguir até Deodoro ou Magalhães Bastos, terão de pagar pedágio, como outros motoristas

Trechos da matéria: O Globo | Prefeitura do Rio de Janeiro | Jornal O Dia

Veja Também

Foto Divulgação

O Esporte Clube São José, em Magalhães Bastos, inaugura amanhã o evento ‘Samba José’ Evento tem ainda apresentações de Júnior Parente, Só Preto Sem Preconceito, Júnior Dom e Júnior Itaguay

Rio – Novidade no samba na Zona Oeste. O Esporte Clube São José, em Magalhães ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*